Ir para conteúdo




Foto

Pensando em viver de fotografia (freelancer)


  • Por favor, faça o login para responder
6 respostas neste tópico

#1 Alef

Alef

    Estou me adaptando

  • Membro
  • PipPip
  • 24 posts

Postado 03 novembro 2012 - 10:33

Boa noite. Ultimamente estive pensando seriamente em largar meu emprego no laboratório e largar de mão a faculdade para viver de fotografia.

Ano passado viajei com uma agência de turismo que tinha um fotógrafo. O cara tinha uma DSLR entry-level e uma lente [a do kit]. Semana passada vi que a maior agência de fotografia da cidade é uns guris com DSLRs entry-level, kit lens e nem mesmo um speedlite tirando fotos nas boates. Claro que a câmera não importa tanto quanto o fotógrafo, mas vendo as fotos deles tenho certeza que eu poderia fazer igual senão melhor, e com uma câmera melhor, ergo qualidade de imagem tb melhor.

O problema é que como não tenho nenhuma experiência em fotografia comercial, de moda ou fotojornalismo, o que eu poderia fazer, ao menos de início, é fotografia de eventos - e é algo que eu gostaria de fazer. Mas sem experiência profissional nessa área nem referências não sei por onde começar. Algum conselho ou dica? Por onde os que trabalham com fotografia aqui começaram?

Claro que antes de largar tudo eu me informarei melhor com os fotógrafos da região e procuraria algum trabalho garantido para eu começar, mas gostaria de saber de vocês o que acham.

Obrigado.

#2 lostart

lostart

    Já tou começando a responder

  • Membro +
  • PipPipPipPipPipPipPip
  • 814 posts

Postado 04 novembro 2012 - 12:35

Pelo teor do seu email fica claro para mim que:

-você deveria esforçar-se para terminar a faculdade. virar profissional não exclui esta possibilidade, e se não rolar ou você mudar de idéia, terá um diploma. o diploma, dependendo da faculdade, poderá ajuda-lo na profissão fotográfica. Sebastião Salgado é economista, por exemplo.

-falta muito estudo sobre fotografia. não se trata do equipamento que outros estão usando, mas da sua VISÃO. achar que você pode virar profissional através da observação do equipamento que viu outros fotógrafos usando me parece algo completamente equivocado.

-não "largue" nada, nem o emprego e nem a faculdade. desenvolva projetos pessoais e use todo seu tempo livre para produzi-los. escolha um ou mais temas e aprofunde-se neles. saber fazer fotos boas de assuntos genéricos diversos não faz de você um fotógrafo profissional, apenas um entusiasta esforçado.

-fotografia profissional não é apenas técnica fotográfica ou "fazer igual ou melhor". Fotografar é menos de 10% da atividade fotográfica profissional. O resto inclui promoção, networking, branding, marketing, vendas, saber orçar, cobrar, entregar, e diferenciar-se dos demais para não ser "apenas mais um" em um mercado cheio de pessoas que nem você, que "largaram tudo" e decidiram virar profissionais. 80% destas pessoas estará fazendo outra coisa daqui a cinco anos.

-Se você conseguir (sobre)viver por 5 anos exclusivamente da sua fotografia poderá dizer que é profissional. até lá, será mais um fotógrafo emergente, como milhares tentando a sorte no mercado, com mais ou menos preparo/bagagem/experiência.

Se você realmente quer viver de fotografia, nada o impedirá. Iniciativa + persistência + dedicação, mas isso vale para qualquer profissão que escolher.

http://is.gd/0F7hfv

http://www.lightstal...g_photographers

http://www.blog.magn...tographers.html

http://cpn.canon-eur...video_advice.do

http://www.joemcnall...g-photographer/
  • SharPx, Paulo Mendes, igorschutz e 2 outros curtiram isso

#3 SharPx

SharPx

    Estou viciado nisso aqui

  • Membro +
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • 1.593 posts

Postado 04 novembro 2012 - 08:19

Trabalho freelancer e trabalho garantido nao sao coisas q andam juntas.
  • Sergito mk2 curtiu isso

#4 m-santos

m-santos

    Caramba, daqui a pouco enjoam de mim

  • Membro +
  • PipPipPipPipPip
  • 210 posts

Postado 04 novembro 2012 - 08:20

Pelo teor do seu email fica claro para mim que:

-você deveria esforçar-se para terminar a faculdade. virar profissional não exclui esta possibilidade, e se não rolar ou você mudar de idéia, terá um diploma. o diploma, dependendo da faculdade, poderá ajuda-lo na profissão fotográfica. Sebastião Salgado é economista, por exemplo.

-falta muito estudo sobre fotografia. não se trata do equipamento que outros estão usando, mas da sua VISÃO. achar que você pode virar profissional através da observação do equipamento que viu outros fotógrafos usando me parece algo completamente equivocado.

-não "largue" nada, nem o emprego e nem a faculdade. desenvolva projetos pessoais e use todo seu tempo livre para produzi-los. escolha um ou mais temas e aprofunde-se neles. saber fazer fotos boas de assuntos genéricos diversos não faz de você um fotógrafo profissional, apenas um entusiasta esforçado.

-fotografia profissional não é apenas técnica fotográfica ou "fazer igual ou melhor". Fotografar é menos de 10% da atividade fotográfica profissional. O resto inclui promoção, networking, branding, marketing, vendas, saber orçar, cobrar, entregar, e diferenciar-se dos demais para não ser "apenas mais um" em um mercado cheio de pessoas que nem você, que "largaram tudo" e decidiram virar profissionais. 80% destas pessoas estará fazendo outra coisa daqui a cinco anos.

-Se você conseguir (sobre)viver por 5 anos exclusivamente da sua fotografia poderá dizer que é profissional. até lá, será mais um fotógrafo emergente, como milhares tentando a sorte no mercado, com mais ou menos preparo/bagagem/experiência.

Se você realmente quer viver de fotografia, nada o impedirá. Iniciativa + persistência + dedicação, mas isso vale para qualquer profissão que escolher.

http://is.gd/0F7hfv

http://www.lightstal...g_photographers

http://www.blog.magn...tographers.html

http://cpn.canon-eur...video_advice.do

http://www.joemcnall...g-photographer/


X2

#5 Sergito mk2

Sergito mk2

    Já tou começando a responder

  • Membro +
  • PipPipPipPipPipPipPip
  • 622 posts

Postado 05 novembro 2012 - 01:10

O ideal é vc começar a ganhar dinheiro com o que vc já gosta de fotografar. Não caia na armadilha de atirar pra todos os lados, fotograficamente falando. Dá a entender que serve qualquer coisa (evento, moda, fotojornalismo, publicidade...). Eu não trataria isso apenas como um negócio.

Como disse o lostart: "não "largue" nada, nem o emprego e nem a faculdade. desenvolva projetos pessoais e use todo seu tempo livre para produzi-los. escolha um ou mais temas e aprofunde-se neles."


Sem querer desmotivar, apenas para ilustrar: the-best-thing-i-ever-did-was-quit-professional-photography

#6 Alessandro_sp

Alessandro_sp

    Sou completamente Louco pelo Brfoto

  • Admin
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 18.420 posts

Postado 05 novembro 2012 - 03:18

Sem querer desmotivar, apenas para ilustrar: the-best-thing-i-ever-did-was-quit-professional-photography


Excelente link.

Fotografar profissionalmente não é fazer o que você gosta, é fazer o que o cliente precisa. Raramente essas duas coisas são a mesma.

#7 Sganzerla

Sganzerla

    Manda qq uma que eu respondo

  • Membro +
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 2.247 posts

Postado 05 novembro 2012 - 04:02

Exatamente, e esse é o maior desafio.
Invejo o pessoal que tem férias, talvez se eu levasse meu trabalho menos a sério eu tivesse tempo para isso também, mas a maior parte dos fotógrafos que conheço realmente não fotografa no tempo livre, nem a família, e isso é triste.




0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membro(s), 0 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)