Ir para conteúdo




Foto

É o Fotometro Externo um instrumento OBSOLETO?

fotometro externo

  • Por favor, faça o login para responder
30 respostas neste tópico

#21 Alessandro_sp

Alessandro_sp

    Sou completamente Louco pelo Brfoto

  • Admin
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 18.420 posts

Postado 23 março 2016 - 03:07

Até que ponto uma resposta ácida não foi provocada?
Mais uma vez reafirmo que não estou tomando partido, apenas tentando ver um outro lado (se é que há).
A resposta sobre o fotômetro ser obsoleto, ou a minha resposta, é: não.

Mas para tudo há um contexto e talvez neste especificamente ele não seja de fato necessário.

Há formas e formas de se formular uma pergunta.
Há casos que o fotômetro é necessário.
Há casos que não.

Obsoleto?
Não creio.

Especificar mais detalhadamente uma situação pode sempre gerar respostas também mais específicas.

:post:

PS: Esqueci de mencionar a edição pós captura que tb pode, DEPENDENDO da situação, ser um baita auxílio p que não seja preciso/necessário usar um fotômetro.
 

Concordo, até por isso pedi que o OP esclarecesse melhor :post:



#22 Schiefer

Schiefer

    Estou viciado nisso aqui

  • Membro +
  • PipPipPipPipPipPipPipPip
  • 1.919 posts

Postado 23 março 2016 - 05:53

Em um local de luz 100% controlada, a tecnologia atual das máquinas não resolvem de forma bem tranquila o não uso de fotometro externo?

 

Quando se diz foto de moda. Foto de desfile de moda ou de editoriais? Se for em editorial acho que as pessoas esperam um romantismo que hoje não existe mais.



#23 peridapituba

peridapituba

    Sou completamente Louco pelo Brfoto

  • Membro +
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 4.379 posts

Postado 24 março 2016 - 01:30

Troquemos a palavra OBSOLETO por SUPÉRFLUO.

:post:

#24 iso

iso

    Já tou começando a responder

  • Membro +
  • PipPipPipPipPipPipPip
  • 610 posts

Postado 25 março 2016 - 02:20

Certamente o fotômetro deixou de ser imprescindível em um estúdio. Mas é ainda recomendado.

 

O fotômetro ajuda a balancear de forma rápida duas ou mais luzes em uma cena. Um photoshoot de moda (em estúdio) com várias luzes, mudando distâncias é um exemplo de situação complicada sem um fotômetro.

 

É útil também para verificar a consistência de um modificador de luz (uma boa maneira de avaliar um grande softbox se está razoavelmente uniforme).

 

Enfim, ainda encontraremos vários Sekonics em estúdios maiores e pode acreditar que não estão pegando poeira.


  • lee oliveira curtiu isso

#25 Alessandro_sp

Alessandro_sp

    Sou completamente Louco pelo Brfoto

  • Admin
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 18.420 posts

Postado 25 março 2016 - 06:06

Ainda não tenho certeza se ele se refere ao fotômetro externo ou ao interno... Apesar de no título ele se referir ao externo, a resposta do diretor da escola dá a entender que não se usa modo manual ou se altera a fotometria da camera criativamente.



#26 afshalders

afshalders

    Já tou começando a responder

  • Membro +
  • PipPipPipPipPipPipPip
  • 672 posts

Postado 09 abril 2016 - 01:35

Estou há um bom tempo sem passar por aqui e achei esse tópico interessante. Inclusive já foi discutido em outro fórum.

 

O fotômetro de mão nunca foi um equipamento obrigatório, mas em certos casos resolve problemas bem complicados. Não vou entrar no mérito de digital x filme, e sim nas situações onde uma medida externa é de grande validade, por exemplo, quando a medida de luz refletida não for adequada e for necessária uma medida incidente. Se a pessoa dominar muito bem a técnica spot e multi spot pode conseguir se safar sem a medida incidente.

 

Recomendo estudar sobre fotometria por luz incidente e multi spot para entender do que estou falando.

 

O histograma ajuda mas não resolve todos os casos. No final a maioria acaba acertando por tentativa e erro. Nada contra mas fazer 10 fotos para acertar uma é meio ineficiente.


oldgoodlight.blogspot.com


Equipamento: Qualquer um.
Pouco me importa se você é um profissional famoso ou se é um iniciante, não ligo a mínima, honestamente. Mostre as fotos que é o que interessa.


#27 fabriciocardoso

fabriciocardoso

    Cheguei agora

  • Membro
  • Pip
  • 2 posts

Postado 08 setembro 2016 - 06:46

Interessante é que todos os grandes nomes da fotografia usam o Fotometro externo... talvez costume?? bom confiar no LCD da camera pode ser um risco para quem tem a fotografia como profissão e vive dela... mesmo hoje tendo Capture One, Lightroom e Camera Raw, prefiro ser mais criterioso com meu trabalho. Acho que vc saiu no lucro recebendo o dinheiro de volta.


Fabricio Cardoso

Instagram: fabriciocardosofotografo

Site: www.fabriciocardoso.com

email: contato@fabriciocardoso.com


#28 Lúzio

Lúzio

    Sou completamente Louco pelo Brfoto

  • Membro +
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 3.077 posts

Postado 18 outubro 2016 - 05:51

Diferença de meio ponto (sendo bem comedido, pois hoje se chega bem mais longe) vc acerta no pós com os pés nas costas, facinho, sem perda de tempo e com qualidade.

 

Precisão cirúrgica para isso? Acho exagero e preciosismo demais...Considero assim, supérfluo...



#29 Leandro Marques

Leandro Marques

    Administrador

  • Admin
  • PipPipPipPipPipPipPipPipPipPip
  • 3.709 posts

Postado 27 março 2017 - 11:21

Daniel,

Discordo do que muitos acima, todos com propriedade, disseram.

Já fotografei em luz contínua sem utilização do fotômetro. 
Já fotografei em flash (tocha) sem fotômetro.
Já fotografei - e fotografo - com tocha e com fotômetro.

Depois que passei a fotografar com fotômetro externo, aquele de mão, não quis mais outra coisa. É a melhor coisa pra mim.

Bom, eu estou falando de retratos e objetos em geral. Na rua é praticamente impossível ir com o fotômetro na pqp para fazer a medição e depois voltar correndo.

Agora vou contar o porquê de utilizar um.

 

A primeira diferença que senti foi em relação a produtividade. Com o fotômetro de mão eu passei a não mais precisar ficar fazendo 4 a 5 fotos de um mesmo assunto alterando as velocidades ou diafragma para chegar "na luz que queria". O histograma ajudava, mas não me dava a precisão que eu queria.

Quando eu passava as fotos pro computador e depois olhava no Lr eu perdia muito tempo "escolhendo" a que tivesse a melhor luz. Era tudo muito intuitivo. Tudo muito "essa daqui tá melhor que a outra apenas porque sim". E pronto, assim escolhia.

Olhar atrás no LCD ajuda mas pode acabar te levando prum caminho MUITO ruim. Faz todo um trabalho olhando pelo LCD atrás e quando passa pro computador, vê que ficou uma caca.

Bom, depois que passei a fotografar com o fotômetro, bastava uma foto que estava tudo ok. Salvando as proporções. Ou seja, se em uma sessão de café eu fazia 150 fotos para escolher 3 fotos, hoje eu faço 60 fotos para escolher 3 fotos. Ganhei MUITO tempo e precisão.

Segundo lugar: eu consigo medir exatamente a diferença de EV's entre a alta luz e a baixa luz. Consigo modelar a foto da maneira que acho mais bonita. A exposição da luz é relativa e depende do teu olhar e da tua narrativa. Mas com o fotômetro de mão eu consigo "calibrar" a foto e as sombras do jeito que eu quero.
Acredite: quando passo a foto pro Lr eu demoro 1/3 do tempo mexendo nela do que demorava quando não tinha o fotômetro.

Em terceiro lugar: chegar a tocha pra perto ou pra longe altera completamente a textura da luz. O cara que falou isso falou caca, que "é só fazer isso". Não é. Enfim, discussão pra outro tópico.


Resumo: eu acho que é um baita investimento utilizar um fotômetro de mão. Eu comprei um e não me arrependo. Não fotografo sem. Mesmo que eu utilize luz contínua ou luz ambiente, o fotômetro também mede esse tipo de luz.

Quanto ao fotômetro da câmera, ele tem um probleminha: experimente fotografar uma superfície preta (o mais escuro possível) e outra branca (a mais clara possível). Veja que o preto tenderá ao cinza e o branco tenderá ao cinza. A medida de luz para as duas superfícies no mesmo lugar (tente fotometrar um tabuleiro de xadrez, por exemplo) será diferente para a casa branca e para a casa preta. Entretanto, a luz deveria ter uma medida só. Acho que isso é um ponto a se pensar.

Mas isso vai depender do quanto de precisão você quer no seu trabalho. Se você não enxerga essa necessidade... Bom, ae é contigo.


PS: eu utilizo o fotômetro mais barato da SEKONIC, o L-308s. Paguei 200 USD nos EUA. Aqui ele tá bem carinho. Mas acho que é uma maquininha que mudou - pra melhor - a minha vida.

Espero ter ajudado!
Abraços!


  • robertocaruso curtiu isso

Leandro Marques
Fotógrafo - Rio de Janeiro.

  • Still
  • Comidas
  • Arquitetura
  • Ensaios em geral
  • Retratos.
     

Instagram @lemarquesdias

facebook.com/lemarquesfoto
 

contato@lemarquesfoto.com


#30 Rrpuertas

Rrpuertas

    Já tou começando a responder

  • Membro +
  • PipPipPipPipPipPipPip
  • 572 posts

Postado 15 maio 2017 - 10:53

A fotometria sempre foi um problema na fotografia. No curso que fiz ao tomar posse na Polícia Civil o professor disse que o fotômetro é impreciso e serve apenas como uma referência... poucos conhecem a fundo do que se trata. É uma matéria que confunde até mesmo fotógrafos muito bons. No caso deste curso dizendo para conferir na tela... acho errado pois a tela dependendo da luz ambiente muda de interpretação. O correto é usar o histograma... e usar o fotômetro interno para zerar ele e fazer o primeiro click e avaliar a resposta tonal. 

 

Sinceramente acho dispensável no digital o fotômetro de mão, mesmo usando tocha/flash. A fotometria é uma matéria que embaralha muito a cabeça das pessoas e simplesmente obter o "cinza médio" da luz incidente não basta sem sabemos a latitude tonal do sensor... enfim, é muito capricho realmente aplicar a matéria e cansativo e demorado e pouco prático aplicar, mesmo usando a fotometria da luz incidente - visto outras formas de obter uma exposição satisfatório para fotografia digital. 

 

Agora... se for usar um fundo branco, estourando o fundo em 3 pontos... o fotômetro de mão não é mais dispensável. Vamos supor que iluminemos a modelo e em ISO 100, está dando F/8... queremos um fundo branco e precisamos iluminar ele com mais 3 pontos... ai o fotômetro de mão é muito prático, principalmente quando usamos flash. Como medir precisamente 3 pontos a mais de luz? Quando a fotografia tem mais de um plano e exige potência de luz diferente ele não é mais dispensável.


VENDO KIT FOTOGRAFIA SUBAQUÁTICA!

Imagem Postada

#31 lee oliveira

lee oliveira

    Eu pergunto muito

  • Membro +
  • PipPipPipPipPipPip
  • 310 posts

Postado 01 agosto 2017 - 05:44

Certamente o fotômetro deixou de ser imprescindível em um estúdio. Mas é ainda recomendado.

 

O fotômetro ajuda a balancear de forma rápida duas ou mais luzes em uma cena. Um photoshoot de moda (em estúdio) com várias luzes, mudando distâncias é um exemplo de situação complicada sem um fotômetro.

 

É útil também para verificar a consistência de um modificador de luz (uma boa maneira de avaliar um grande softbox se está razoavelmente uniforme).

 

Enfim, ainda encontraremos vários Sekonics em estúdios maiores e pode acreditar que não estão pegando poeira.

Melhor resposta ao meu ver, concordo plenamente, mas colocaria essa frase "Mas é ainda recomendado." como "Mas é ainda altamente recomendado." e olha que o tópico é antigo, gostaria de ver fotometrar alguns Still comercial com varias fontes de flash para fazer uma foto bem artísticas sem o uso de um fotômetro de mão, pode até fazer uma sem, mas vai demorar muito para acertar tudo e não tem nenhuma configuração na câmera que faça isso ser rápido sem o fotômetro, mesmo com histograma.. agora uma luz básica e ainda mais no seu estúdio onde voce tem praticamente todas as medidas de fotometragem de cabeça é sem problema, aqui no meu estúdio eu faço muitas fotos já fotometrando direto porque já gravei e até se usar meus flash em externas também já sei mais ou menos em certa distancia ele me da de f/stop em certos ISO...sempre levo ou no estúdio esta sempre perto o meu fotômetro(flashmeter) de mão...agora também vejo muitos fazendo péssimas fotometragem na hora do click e depois na Pós acerta tudo com o Lr ou PS, vejo que são ótimos editores sem duvida..






0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membro(s), 0 visitante(s) e 0 membros anônimo(s)